Sorriseria – Clínicas Odontológicas | Mitos e verdades sobre os alinhadores invisíveis

Mitos e verdades sobre os alinhadores invisíveis

Engana-se quem acredita que os alinhadores estéticos removíveis são uma novidade na odontologia. Já na década de 1940, com o pioneirismo de Harold Dean Kesling, foram desenvolvidos os primeiros dispositivos invisíveis para os quais a ortodontia mundial se voltou. A nova geração de alinhadores, por sua vez, tornou-se uma alternativa capaz de substituir o uso dos modelos convencionais, proporcionando naturalidade e conforto durante o tratamento. Conheça os mitos e verdades sobre essa tecnologia que vem transformando sorrisos:

1. Os alinhadores invisíveis podem ser usados para a correção da mordida aberta (dentes não se encaixam ao fechar a boca).
Verdade! A vantagem biomecânica desses dispositivos em relação aos aparelhos fixos é o controle da dimensão dos dentes, impedindo o agravamento da mordida aberta.

2. Pacientes com bruxismo podem ser bons candidatos ao tratamento com alinhadores.
Verdade! O desgaste excessivo causado por hábitos parafuncionais noturnos, como apertamento e ranger dos dentes, pode ser atenuado com o uso desses dispositivos, uma vez que reduz o desconforto muscular da face e corrige a má-oclusão.

3. Os alinhadores removíveis podem gerar desconforto ao paciente.
Mito! Diferentemente dos aparelhos ortodônticos fixos, os alinhadores permitem uma alimentação sem restrições e facilitam a higiene bucal. Além disso, como são fabricados com material flexível, esses dispositivos não machucam.

4. Não é possível tratar casos complexos com alinhadores.
Mito! Muitos ortodontistas fazem uso do tratamento híbrido, isto é, uma associação entre alinhadores e dispositivos fixos que ocorre ao mesmo tempo ou em períodos diferentes. Inicialmente, apenas casos de apinhamentos leves, ou seja, de dentes tortos, eram tratados com alinhadores. Entretanto, um dos fatores determinantes para a evolução dessa modalidade foi um extenso conjunto de pesquisas que resultou na criação de material plástico maleável, softwares e testes computadorizados.

5. O tratamento com esses dispositivos removíveis promove alta previsibilidade de resultados.
Verdade! A digitalização do processo prevê a movimentação que será realizada ao longo do tratamento e simula estratégias reais para o planejamento ortodôntico.

6. Os benefícios dos alinhadores invisíveis são apenas estéticos.
Mito! A correção do posicionamento dos dentes ocorre de maneira discreta, aliada não somente à transparência do material, mas ao conforto promovido pela ausência de fios e pontas que podem ferir a mucosa da boca. Outra vantagem é a possibilidade de remoção dos alinhadores para escovação, evitando manchas na superfície dos dentes, perda de cálcio e cáries.

7. O tratamento é menos dolorido.
Verdade! A movimentação dos dentes ocorre de modo localizado, seguindo um planejamento prévio. Há um leve desconforto que pode durar até três dias após a manutenção do aparelho.

Se você deseja saber mais sobre as vantagens dos alinhadores invisíveis, agende agora uma avaliação!

Fonte:

https://www.sorrisologia.com.br/noticia/o-que-sao-alinhadores-invisiveis_a8347/1

http://www.ortociencia.com.br/Materia/Index/143746

https://www.bonde.com.br/saude/corpo-e-mente/mitos-e-verdades-sobre-os-alinhadores-ortodonticos-invisiveis-355352.html


Mande mensagem pelo WhatsApp