Blog

Muitas pessoas têm problemas na gengiva e não sabem!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Talvez você já tenha notado a sua gengiva inflamada e até mesmo sangrando, seja durante a escovação ou passando o fio dental. Isso pode significar que elas não estão tão saudáveis quanto deveriam.​

A gengiva sangrando, avermelhada ou inchada, é o primeiro indicativo de doenças periodontais causadas, principalmente, pela má higienização bucal e pelo acúmulo de bactérias na boca, a famosa placa bacteriana.​

Percebeu que a gengiva está sangrando? O que você deve fazer nesses casos? O que é bom para gengiva inflamada?​

Mesmo que um pouco de sangue não pareça ser algo muito sério, você não deveria deixar isso passar em branco. Continue a leitura para entender mais sobre o assunto! ​

Possíveis causas da gengiva inflamada

Uma pesquisa feita no Instituto Nacional de Saúde Norte-Americano, mostra que a maior causa da gengiva sangrando é o acúmulo de bactérias. Isso é um claro sinal de que elas não estão saudáveis como deveriam.​

O sangramento gengival é causado pela inflamação da gengiva (gengivite) e costuma ser muito frequente nas pessoas.  A principal causa dessa inflamação costuma ser o acúmulo de bactérias.  Este acúmulo pode significar uma dificuldade maior para remover a placa bacteriana com a escovação regular e o uso do fio dental. Isso é um sinal de que você precisa melhorar o cuidado com a sua saúde bucal.​

Assim, é importante visitar o dentista para garantir que essa situação não se torne um problema maior, que pode, inclusive, resultar na perda de dentes. Ao agendar uma consulta ou realizar as visitas periódicas, você terá a oportunidade de conversar com o dentista e encontrar a melhor solução para o seu caso. ​

Além das doenças periodontais, outras causas de sangramento e gengiva inflamada incluem:​

  •  Qualquer desordem do sangue;​
  •  Escovação com muita força;​
  •  Alterações hormonais durante a gravidez;​
  •  Próteses mal adaptadas;​
  •  Uso inadequado de fio dental;​
  •  Deficiência de vitamina K.​

Complicações

Como descrito acima, a gengivite é a condição que causa a inflamação das gengivas. Este é apenas o estágio inicial da doença periodontal, tendo como principal causa a má higienização bucal. Isso ocorre principalmente quando o indivíduo não usa a escova e o fio dental adequadamente, e não consegue remover a placa bacteriana. Caso esta situação se perpetue, a gengivite pode evoluir para uma periodontite, que causa a sensação dos dentes moles (mobilidade dentária) e danificar não apenas as gengivas como também destruir o osso ao redor do dente. Essa é uma das principais causas de perdas de dentes e pode ser evitada através do tratamento e acompanhamento de um dentista, como é o caso dos especialistas da nossa clínica.​

Por isso, cuidar da gengiva inflamada é essencial para evitar complicações como o amolecimento dos dentes e, até mesmo, a perda deles. Há outras complicações que podem ser evitadas, como infecções que podem atingir órgãos importantes como o coração. Essas complicações podem ser um fator de risco adicional não apenas para a saúde bucal como também para a vida do indivíduo. ​

Como evitar a gengivite? 

Como vimos, a principal maneira de evitá-la é através de uma boa higiene bucal. Isso significa escovar os dentes com uma frequência mínima de três vezes ao dia e usar o fio dental diariamente. Além disso, é importante lembrar que, mesmo com algum sangramento gengival, a higienização continua sendo importante. O uso do fio dental é essencial, uma vez que consegue retirar o acúmulo de bactérias de regiões que a escova não alcança.​

As visitas periódicas ao dentista também são essenciais. Nelas, são realizadas as limpezas profissionais que removem o acúmulo de bactérias e o tártaro, mais difíceis de serem eliminados através da escovação e do fio dental. Falando nisso, quando foi a última vez que você foi ao dentista? ​

Lembre-se de procurar uma clínica com profissionais especializados como a Sorriseria. Faça seu check-up digital agora. Agendar Consulta  ​